Número total de visualizações de página

domingo, 19 de julho de 2009

Despedida

Nunca te teria visto,
Se não fosse aquele jantar.
Fui para lá contrariada
Porque tinha de trabalhar.
Ao olhar-te, embasbaquei,
Dei-te a mão sem pensar.
Foi o princípio duma história,
Daquelas de encantar.
Passaram muitos anos,
Em que andámos de mãos dadas,
A viver os nossos sonhos.
Um dia despediste-te,
Disseste que ias viajar.
Pelo olhar triste que tinhas,
Soube logo que partias
Para nunca mais voltar!

Helena

2 comentários:

  1. um olhar
    o olhar
    é tanto
    tanto
    que um olhar
    o olhar
    é tudo
    tudo

    Pedro

    ResponderEliminar
  2. o que dizem os teus olhos o que dizem os olhos teus

    ResponderEliminar