Número total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Um poema

"I wish I could remember that first day,
First hour, first moment of your meeting me,
If bright or dim the season, it might be
Summer or Winter for aught I can say;
So unrecorded did it slip away,
So blind was I to see and to foresee,
So dull to mark the budding of my tree
That would not blossom for many a May.
If only I could recollect it, such
A day of days! I let it come and go
As traceless as a thaw of bygone snow;
It seemed to mean so little, meant so much;
If only now I could recall that touch,
First touch of hand in hand—Did one but know!"

Este é um dos poemas que prefiro!

Helena

2 comentários:

  1. from that moment on
    light a flower
    hand in hand

    ResponderEliminar
  2. soneto duma grande musicalidade.
    apesar do desejo de se lembrar, para o leitor acaba por dizer tudo como se se lembrasse.

    A propósito, um grande poeta chileno, pouco conhecido em Portugal,ganhou agora o Prémio Cervantes, certamente o mais importante prémio literário da lingua espanhola.
    Cito apenas o começo dum poema que desde que o conheci não me canso de ler e reler, creio que é de 1951 ou 1954:

    "defensa del arbol"

    Por qué te entregas a esa piedra
    Niño de ojos almendrados
    Con el impuro pensamiento
    De derramarla contra el árbol.
    Quien no hace nunca daño a nadie
    No se merece tan mal trato.
    Ya sea sauce pensativo
    Ya melancólico naranjo
    Debe ser siempre por el hombre
    Bien distinguido y respetado:
    Niño perverso que lo hiera
    Hiere a su padre y a su hermano.
    Yo no comprendo, francamente,
    Cómo es posible que un muchacho
    Tenga este gesto tan indigno
    etc, etc

    Quem tem influencia em editoras, que recomende a tradução duma antologia do quase centenário nicanor parra

    ResponderEliminar